Estivemos na Escola EB 2.3 de Paredes, à conversa com o Dr. Carlos Miguel Cavadas, subdiretor do Agrupamento de Escolas de Paredes, sobre a instalação que efetuamos em Janeiro de 2018 de uma Sala de Aula do Futuro.

Entrar nesta sala de aula é já por si, uma nova experiência, longe da que sentimos quando entramos nas salas tradicionais.  Tudo é mais dinâmico, colorido e tecnológico. Talvez por isso, quando questionamos sobre qual o feedback obtido sobre a sala, o Dr. Carlos Miguel nos tenha indicado que “os alunos adoram lá estar”.

O projeto

A instalação do equipamento tecnológico foi realizada pela BCN e o projeto surgiu no âmbito da iniciativa “Laboratórios de Aprendizagem (PT) / Future Classroom Lab (EUN)“.

Entre 2010 e 2014, o projeto “Future Classroom Lab” ganhou dimensão tendo como principais objetivos:

  • Desenvolver estratégias duradouras de sustentabilidade conducentes à divulgação, em larga escala, dos resultados dos projetos de apoio à construção da Sala de Aula do Futuro, nas várias comunidades escolares da Europa;
  • Dar a conhecer a metodologia iTEC, explorando cenários de aprendizagem de Sala de Aula do Futuro e promovendo a sua utilização prática e reflexão sobre as possibilidades desta aplicação nos diversos contextos educativos das escolas europeias;
  • Apoiar as escolas numa implementação bem sucedida de cenários inovadores de ensino e de aprendizagem para a sala de aula, através da disponibilização de recursos, formação e partilha de boas práticas;
  • Fornecer uma visão clara das práticas inovadoras de ensino e de aprendizagem para uma mudança gradual e sustentável dos sistemas de ensino.

Em suma, pretende-se ajudar os professores e as escolas a inovar com as TIC, no sentido de encontrarem novas formas de ensino, promotoras da melhoria das aprendizagens dos seus alunos.

A Sala de Aula do Futuro

A Sala de Aula do Futuro é constituída por 6 zonas de aprendizagem diferentes (Apresentar, Investigar, Criar, Colaborar, Desenvolver e Interagir), compostas cada uma por determinados equipamentos e tecnologias, que possibilitam aos professores a experimentação de uma nova organização do ensino e da aprendizagem. (fonte: erte.dge.mec.pt)

Escola do Futuro - Future Class Lab

A ideia é que este conceito possa ser facilmente transportado para as salas de aula ou outros espaços de aprendizagem convencionais, favorecendo a mudança educativa e o desenvolvimento das competências-chave requeridas para o século XXI.

Com a criação de uma Sala de Aula do Futuro, é possível criar histórias e cenários inovadores de ensino e aprendizagem com base em cenários existentes. Os ambientes educativos tornam-se mais aliciantes pois os alunos adotam uma postura ativa, o que potencia a sua motivação, criatividade e envolvimento.

Capacitação de Docentes

Para verificarmos as vantagens desta sala, não nos podemos prender só com o equipamento, mas sim com a abordagem pedagógica. Com a colaboração entre os alunos. A próxima fase do projeto passa pela formação dos docentes para que todos possam utilizar esta sala de uma forma mais produtiva.

Dr. Carlos Miguel Cavadas, Agrupamento de Escolas de Paredes

De facto, a instalação de infraestruturas de futuro não fará sentido sem profissionais aptos a trabalharem e entenderem os seus conceitos. O objetivo da Sala de Aula do Futuro passa por envolver os professores e os alunos em novos processos de ensino e de aprendizagem, com pedagogias mais avançadas, proporcionando um impacto positivo nos alunos, nomeadamente ao nível do desenvolvimento das suas competências para o século XXI, ao nível das suas atitudes e ao nível do seu aproveitamento, com benefícios para a aprendizagem dos alunos. (fonte: erte.dge.mec.pt)

As tecnologias permitem a expansão do conceito de sala de aula, na qual se inclui a componente virtual, levando o ensino e a aprendizagem a outros níveis mais abrangentes e mais aliciantes que privilegiam a ação do aluno. Contudo, os programas de capacitação de docentes são essenciais para usufruir de todas as vantagens da tecnologia.

É por saber a importância vital desta área que a BCN também providencia formação e workshops sobre as novas tecnologias, assim como programas de capacitação de docentes. Programas que se adaptam à realidade de cada escola; que envolvem não só a formação inicial, mas também o follow-up contínuo; e que contam com profissionais especializados numa abordagem “pedagogia-tecnologia-espaço”.

Os novos métodos de aprendizagem

Foi o primeiro ano de funcionamento da sala para as aulas de programação robótica e foi um sucesso. Tivemos uma grande adesão por parte dos alunos, tendo excedido o número de registos de participação.

Dr. Carlos Miguel Cavadas, Agrupamento de Escolas de Paredes

Mesmo antes de partir para a próxima fase: a de dar aos professores todas as ferramentas necessárias para tirar o melhor proveito da tecnologia disponível e para que possam iniciar as aulas de projeto nesta sala, o feedback é já bastante positivo.

As aulas de programação robótica contaram com a máxima adesão, e os alunos do 9º B já tiraram partido da sala de edição de vídeo e do seu Chroma Key para criar parte de um vídeo em que foram premiados.

Saber Mais sobre a Sala de Aula do Futuro

Contacte-nos para mais informações: